Como reconhecer a Síndrome de Burnout?

April 20, 2018

O estresse em excesso pode causar problemas de saúde, atingindo, por exemplo, o sistema circulatório. Um estudo publicado pela revista científica The Lancet avaliou como o estresse pode prejudicar o funcionamento do coração. De acordo com os cientistas, a tensão em excesso pode causar inflamação na artéria, devido ao aumento de células brancas sanguíneas, aumentando o risco de infarto ou derrame.

 

 

 

Muito comum no dia a dia das empresas, o estresse também pode causar problemas emocionais como a Síndrome de Burnout. Também conhecida como síndrome do esgotamento profissional, ela é capaz de causar sérios danos psicológicos se não for tratada.

 

Geralmente as pessoas que desenvolvem essa condição são funcionários dedicados e preocupados em desempenhar um bom trabalho. No entanto, com o passar do tempo, a carga de tarefas fica tão pesada que prejudica o bem-estar e pode levar à síndrome.  O empregado que antes era esforçado e dedicado, perde o gosto pelas atividades, torna-se mais tenso e menos colaborativo.

 

O trabalho se torna um fardo para ele e mesmo nos momentos de folga, a pessoa não consegue desligar-se da tensão. O esgotamento não atinge somente a vida profissional, mas também gera impactos negativos na vida pessoal, comprometendo a qualidade de vida.

 

Apesar da síndrome poder acontecer em qualquer profissão, há predominância em algumas áreas de atuação, como professores e profissionais da saúde.

 

Sintomas

 

Algumas características são mais comuns e dão indícios de que o funcionário pode estar com Burnout:

 

- Cansaço constante;

- Fadiga;

- Dificuldade para dormir;

- Falta de apetite;

- Dores musculares;

- Dor de cabeça;

- Irritabilidade;

- Dificuldade de concentração;

- Perda de memória.

 

Como tratar a Síndrome de Burnout?

 

Quanto mais tempo demorar para buscar a ajuda de um profissional, maiores serão as chances de haver o agravamento do problema, podendo desencadear doenças como Depressão e Ansiedade. Por isso, caso a pessoa apresente os sintomas, ela deverá buscar um psicólogo ou um psiquiatra para obter o diagnóstico e o tratamento adequados.

 

Algumas atitudes também podem ajudar a combater os sintomas, como praticar exercícios regularmente e ter momentos de descontração e lazer. Também é importante avaliar se as condições de trabalho estão prejudicando a saúde física e mental, comprometendo a qualidade de vida.

 

Please reload

Posts em destaque
Posts recentes
Please reload

Entrevista com Fátima Macedo: Saúde Emocional – um autocuidado para a vida

26 May 2020

1/3
Please reload

  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Instagram Mental Clean
  • Twitter ícone social
  • Pinterest ícone social

© 2018 Mental Clean