A vida é tão rara...


Muito se tem falado sobre a prevenção do contágio do COVID-19, da gravidade da situação mundial, bem como de todos os riscos e desconfortos físicos e emocionais causados por essa pandemia. Mas devemos também ter um olhar especial para um dos grupos mais ativos nesse cenário: os profissionais da saúde.

Plantões extensos, medo de adoecer e de transmitir o vírus para os familiares, são fatores que estão fazendo com que muitos deles adoeçam física e emocionalmente, em razão do contexto que estamos vivendo.

Frente a este cenário, temos um desafio: como prevenir e cuidar do adoecimento emocional desses profissionais?

Pensando nisso, vamos agora falar diretamente com você, profissional da saúde, que também está se perguntando como agir especialmente neste momento:

Em primeiro lugar, é importante que você elimine qualquer sentimento de culpa! Entenda que o estresse que deve estar permeando os seus dias é esperado para esta situação de crise e, talvez, não tenha como ser diferente.

Conscientize-se, mais do que nunca, do excelente profissional que você é! Não se deixe levar pelos questionamentos e sentimentos antagônicos que coloquem em xeque a sua capacidade.

Saiba que qualquer desconforto que você possa estar sentindo é reflexo de uma crise mundial e que o seu papel é fundamental nesse contexto, o que também reflete a imensa responsabilidade de suas ações e escolhas!

Nós precisamos de você! Mas, atenção: mais do que nunca é importante cuidar do seu bem-estar emocional para prevenir um possível adoecimento.

Confira algumas dicas que podem te ajudar:

  • Gerencie o seu estresse encontrando válvulas de escape saudáveis;

  • Medite e faça exercícios de relaxamento e respiração;

  • Escreva, coloque no papel o que está sentindo, isso pode ajudar a organizar os seus pensamentos;

  • Faça uma lista do que está ao seu alcance e elabore um plano de ação – administre o que você não consegue mudar e busque alcançar a aceitação e lidar com o sentimento de impotência;

  • Cuide das suas necessidades básicas: descanse o suficiente para recuperar a energia;

  • Se você não estiver conseguindo dormir, faça alguns exercícios de relaxamento para induzir o sono;

  • Alimente-se bem, as refeições podem ser mais rápidas, mas evite comidas industrializadas e procure fazer ao menos uma refeição saudável por dia;

  • Movimente-se, faça alongamentos e exercícios físicos básicos com ajuda de aplicativos;

  • Mantenha contato com seus familiares e amigos, sempre que possível – há excelentes aplicativos de vídeo chamadas, muito utilizados para reunir famílias e amigos, neste período de isolamento domiciliar. São gratuitos, de fácil manuseio e encurtam distâncias: Zoom, Google Duo, Skype e o próprio vídeo do WhatsApp são alguns deles;

  • Respeite as folgas e os momentos de descanso!

  • “Ouça” o seu corpo, pois ele também “fala”, necessita de atenção e sinaliza quando você precisa parar um pouco!

  • Quando estiver em casa, procure desconectar-se e não pensar no trabalho: assista um filme, uma série, pinte, passe um tempo com quem gosta, jogue videogame, aprenda algo novo, cozinhe, tome um banho quente e um chá gostoso! Cuide-se e mime-se!

É extremamente importante não recorrer às formas nocivas para o manejo de seu estresse: não faça ingestão de bebidas alcoólicas! Se você fuma, cuidado para não aumentar muito a quantidade de cigarros e evite comer em excesso! Busque adotar práticas saudáveis para enfrentar o estresse e a ansiedade.

Lembre-se de que você é essencial para a nossa sociedade! É você a pessoa capaz de nos ajudar a passar por essa crise.

Por isso, não hesite em solicitar ajuda de um profissional de Saúde Mental, caso você perceba que não esteja bem. Se precisar de algum apoio, entre em contato com a Mental Clean e saiba que nós estamos aqui para te ajudar a se cuidar e a superar esse momento!

Posts em destaque
Posts recentes
  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • Instagram Mental Clean
  • Twitter ícone social
  • Pinterest ícone social

© 2018 Mental Clean