Janeiro Branco – Um pacto pela Saúde Mental!



Com a hashtag #todocuidadoconta, a campanha Janeiro Branco 2021 convida a sociedade a fazer um grande pacto pela saúde mental da humanidade, propondo a seguinte reflexão:


“O que você faz para cuidar da sua Saúde Mental?


Como você pode investir na sua Saúde Mental e na das pessoas com as quais você se relaciona?”.


A proposta é que todos – pessoas, instituições e empresas –, sejam agentes transformadores e construtores de uma cultura de cuidado à Saúde Mental, com um maior número de iniciativas e políticas públicas em benefício de um mundo com mais atenção às emoções.


É necessário romper estigmas em torno do assunto, pois ainda é um tabu falar sobre Saúde Mental e mesmo hoje quem sofre de algum transtorno mental pode ser vítima de preconceito.


Segundo a Psicóloga e especialista da Mental Clean, Fabiana Medeiros, há séculos, as doenças mentais eram vistas como punição divina e os que adoeciam, se descobertos, poderiam ser queimados, torturados, presos em manicômios, amarrados em correntes ou mortos.


“Precisamos falar cada vez mais sobre Saúde Mental e aplicar atitudes no dia a dia para diminuir esse impacto e melhorar a qualidade de vida daqueles que padecem de algum tipo de sofrimento emocional”, afirma Fabiana.


A Organização Mundial da Saúde – OMS recentemente fez um alerta sobre o aumento significativo dos casos de Depressão e Ansiedade em escala mundial devido aos impactos relacionados à pandemia da Covid-19.


"O isolamento, o medo, a incerteza e a turbulência econômica causam ou podem causar problemas psicológicos", afirmou Devora Kestel, diretora do departamento de Saúde Mental da OMS.


Ainda segundo o depoimento de Kestel, “a ampliação e a reorganização dos serviços de saúde mental que agora são necessários em escala global é uma oportunidade para construir um sistema de saúde mental adequado para o futuro”.


Uma pesquisa realizada entre abril e maio deste ano, em parceria pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Unicamp e Universidade Federal de Minas Gerais, intitulada ConVid Comportamentos, com cerca de 45 mil brasileiros de todos os estados, revelou que 40% dos entrevistados estavam tendo sentimentos de tristeza ou depressão, e 52,6% sentimentos de nervosismo ou ansiedade.


A psicóloga Fabiana pontua que o Coronavírus veio para transformar o modo de viver das pessoas. “Aos poucos fomos deixando de nos conectar presencialmente. Começamos a usar máscaras ao sair... o beijo no rosto, o abraço e o aperto de mão desapareceram de repente. O medo de sair na rua passou a fazer parte de como iremos viver daqui para frente”, explica.


Somos capazes de nos transformar e nos adaptar a essas mudanças, porém cada pessoa tem o seu tempo para se adequar a essa realidade.


Então, mais do que nunca, é hora de cuidar da mente e buscar energia vital para lidar com tudo o que está acontecendo e conseguir enfrentar a vida de forma mais equilibrada.


Estar com a Saúde Mental em dia requer um olhar atento e constante para o que nos faz bem e também ao que pode ser tóxico, é uma prática diária de autocuidado.


“Muitas vezes precisamos resgatar o que nos proporciona bem-estar, necessitamos ter uma conversa interna para perceber o que estamos sentindo. Olhar para si mesmo está relacionado ao autoconhecimento, reconhecer o que me faz bem, os meus gostos, o que se passa dentro de mim. É importante olhar para a sua vulnerabilidade”, pondera Fátima Macedo, Psicóloga e CEO da Mental Clean.


Para isso, preparamos algumas dicas preciosas que podem te ajudar a cuidar melhor da sua Saúde Mental:


  • Busque o Autoconhecimento! Você pode se conhecer mais de diversas formas, porém uma das maneiras que mais vai te ajudar é um bom processo psicoterapêutico!

  • Faça uma “Faxina Mental"! Para termos uma atitude mais positiva na vida é preciso “limpar” o que chamamos de “lixo mental”, que é capaz de nos atrapalhar e nos limitar, como críticas, julgamentos, pensamentos de inferioridade, autoestima muito baixa, inveja que nos corrói ou aquele comportamento reativo.

  • Pratique Meditação! Cada um pode descobrir sua maneira de meditar! No Youtube há vários canais de Meditação Guiada, como também há vários aplicativos interessantes! Encontre o método que mais faz sentido para você e treine diariamente por alguns minutos. Você verá que com o tempo essa prática fará parte da sua vida e vai fazer toda a diferença!

  • Seja Grato! Uma das atitudes que mais renovam a nossa energia é a gratidão, um sentimento que surge quando percebemos que a vida nos sorri nos pequenos e grandes detalhes. E nada melhor do que começar o dia agradecendo!


Cuidar da Saúde Mental é imprescindível, portanto, aproveite esse início de ano para fazer essa reflexão sobre o seu autocuidado com as emoções.


Procure ter atitudes diferentes com o que não te faz bem e sinta que possui agora uma grande oportunidade para se descobrir e alcançar uma vida com mais equilíbrio e bem-estar!



Saúde Mental no ambiente de trabalho


A pandemia da Covid-19 fez com que a Saúde Mental se tornasse a terceira maior grande pauta dentro das empresas, ao lado das questões de prevenção e economia, que ocupam o primeiro e segundo lugar, respectivamente, no ranking de preocupações.


Segundo Fátima Macedo, isso ocorreu porque as empresas perceberam que cuidar da saúde mental de seus funcionários pode ajudá-los a lidar melhor com esse momento e também contribuir para resgatar e manter a estabilidade emocional daqueles que já começam a apresentar dificuldades.


“Muitas empresas já vinham olhando para esse tema, outras ainda tinham dúvidas e medo de tratar a saúde mental no ambiente de trabalho. A pandemia praticamente eliminou isso, as empresas começaram muito rapidamente a entender a importância de se falar sobre o assunto, de levar esse cuidado para seus funcionários”, diz Fátima.


Nesse contexto, o papel dinâmico das companhias é fundamental. “As empresas devem oferecer aos funcionários uma boa condição de trabalho, que envolva uma comunicação interna eficaz, que estimule a construir boas relações e que promova ações relacionadas à saúde mental”, ressalta Fabiana Medeiros.


Quando o colaborador tem esse apoio, ele se sente cuidado, valorizado e reconhecido como uma peça importante na empresa. “As pessoas se sentem muito gratas quando a empresa cuida delas de uma forma genuína, ou seja, está cuidando porque se importa e quer ver o funcionário bem”, conclui Fátima Macedo.




Posts em destaque
Posts recentes